HABITAÇÃO CENTRO

Habitação como possibilidade de reestruturação urbana

Premiado concursosdeprojeto.org*

Vinicius Martini_TFG_04_R03.jpg

Localização

12 - PREEXISTENCIA-01.jpg

Pré Existência

Planta Baixa Térreo

Pré Existência

Planta Baixa 2º Pavimento

Pré Existência

Planta Baixa 3º Pavimento

Pré Existência

Planta Baixa 4º Pavimento

DIAGRAMA USO DE SOLO-01-01-01.jpg

Diagrama direito de superfície

Uso espaço aéreo

Diagrama direito de superfície

Uso do subsolo

Diagrama direito de superfície

Uso do solo

Foto situacional 01

Foto situacional 02

[A]

[B]

[C]

[D]

[F]

[G]

Vinicius Martini_TFG_02_R03.jpg
TÉRREO-CORRETO.jpg

Planta Baixa Térreo

2PAVIMENTO-01-01.jpg

Planta Baixa 2º Pavimento

3PAVIMENTO-01.jpg

Planta Baixa 3º Pavimento

Planta Baixa 4º Pavimento

5PAVIMENTO-01.jpg

Planta Baixa 5º Pavimento

6PAVIMENTO-01.jpg

Planta Baixa 6º Pavimento

CORTEAA-01-01-01.jpg

Corte AA

AXONOMETRICA-01-01.jpg

Corte Axonométrico Longitudinal

CORTEBB-01-01-01.jpg

Corte BB

DETALHAMENTO-01-01-01.jpg
Vinicius Martini_TFG_03_R03.jpg

   O trabalho tem como objetivo promover a reflexão, o debate e a proposição de ideias sobre o tema de habitação nas áreas centrais de Porto Alegre - RS.

   O projeto se define como um ensaio de utilização de leis do ESTATUTO DA CIDADE, direito de superfície ( lei Feredal 10.257/2001)sobre algumas edificações que não estejam cumprindo a função social da propriedade ou antigas edificações com índice construtivo mal aproveitado e propõe soluções de Arquitetura e urbanismo que combinem habitação e outros usos inclusivos.
   O modelo de desenvolvimento que orientou o crescimento dos grandes centros urbanos do país nas últimas décadas tem se pautado na expansão horizontal da cidade. O adensamento populacional em regiões inadequadas acaba criando uma demanda de problemas para o poder público, que com o aumento da população e a falta de moradias em áreas centrais tenderão sempre a deslocar as pessoas mais pobres para áreas periféricas que apresentam uma alta carência de infraestrutura.

   Os resultados desse processo têm sido o abandono e a degradação dos centros tradicionais.
Pensando em um conjunto de cidade, a consequência deste desbalanceamento para o urbanismo são exclusões, periferização, falta de saneamento, longas distâncias nas cidades, privilégio do automóvel entre outros.
   Esta somatória de processo tem apresentado efeitos perversos que se revelam na quantidade de recursos necessários para continuamente equipar áreas distantes, como na subutilização de áreas já dotadas de infraestrutura e equipamentos urbanos.
   Dado o contexto, evidencia-se que a forma do desenvolvimento urbano atual não se mostra tão eficaz e democrático.É possível reativar áreas na subutilizadas por meio de intervenções habitacionais em antigas áreas consolidadas?
   Diante deste contexto de expansão de políticas urbanas habitacionais, o projeto visa reconhecer que a forma urbana da zona central da cidade é capaz de gerar novas dinâmicas para a área.

Ficha Técnica

Equipe: Vinicius Fahrion Martini

Orientação: Kátia Oliveira Ferreira

Localização: Porto Alegre

Ano: 2018

Metragem: 968 m²

Imagens: Lucas Silva





 

Rua Santo Antônio ,  366
Sala 05 / CEP: 90220-010
Porto Alegre/RS/Brasil

ENTRE EM CONTATO
contato@paralelo30.arq.br
+55 (51) 99893296 / 30609700

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
log.png